Mês: outubro 2018

Notícias

FOLHA DE PAGAMENTO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA DE SÃO JOSÉ DO SERIDÓ – MÊS DE OUTUBRO DE 2018…

A Secretaria Municipal do Trabalho, Habitação e Assistência Social (SEMTHAS), disponibiliza a folha do Programa Bolsa Família todos os meses neste espaço, no site do município e  outros espaços virtuais, além de expor fisicamente na SEMTHAS, CRAS, Prefeitura e enviar cópia a Câmara de Vereadores de São José do Seridó.

Segundo o Secretário Francisco Touché, esta ação é para o programa ter mais visibilidade por parte da população e principalmente, ter mais fiscalização, já que a transparência é uma das prerrogativas do Programa Bolsa Família.

Tem direito ao benefício do Programa Bolsa Família, famílias pobres e extremamente pobres, com renda mensal per capita de R$ 0 a R$ 185,00 por pessoa, sendo esta renda formal ou não, e se entende por renda familiar, todo e qualquer recebimento por parte dos integrantes da família.

Este lembrete foi dado pelo Secretário Francisco Touché, pois muitas pessoas correm o risco de perder o benefício ao não declarar ter renda, por entender que apenas o titular não precisa ter renda, mas, ele reforça que a renda é a da família, tendo algum membro da família renda, formal ou não, esta renda será contabilizada.

Quanto as denúncias, pode ser anônima feita ao Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS), que é responsável pela  fiscalização, já que o CMAS é a instância de Controle Social do programa, e fica localizado por vizinho a Câmara de Vereadores na Rua Elias Uchos, SN – Centro – São José do Seridó. 

Para saber mais, beneficiários e população em geral, deve procurar a SEMTHAS ou a Sede dos Conselhos Municipais, sempre que existir dúvidas sobre o programa.

Acessem o link abaixo e confira os beneficiários do Programa Bolsa Família, mês de Outubro/2018 do município de São José do Serido:

https://drive.google.com/file/d/1aD0WoZsPH54eiRtmuSWa6QLKCTlJXNSJ/view?usp=sharing

Be the First to comment. Leia mais
Notícias

ATENÇÃO SÃO-JOSEENSES ESCRITOS NO ENEM/2018…

Atenção São José Seridoenses/RN inscritos no ENEM/2018
A Prefeitura Municipal de São José do Seridó/RN comunica que o período para a entrega da cópia do cartão de inscrição no ENEM/2018, para solicitação de transporte para o período de provas, será de 24 a 31 de outubro de 2018, das 8h às 16h, na sede da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, localizada na Rua Elza Dantas, 137, Centro de São José do Seridó/RN
.
COMUNICA TAMBÉM QUE O TRANSPORTE SAIRÁ ÀS 10H30 DA FRENTE DA ESCOLA ESTADUAL JESUINO AZEVEDO NOS DIAS 4 E 11 DE NOVEMBRO DE 2018.
GARANTA SUA VAGA E BOA PROVA.
ATENCIOSANENTE,
MARIA DALVA MEDEIROS DE ARAÚJO
PREFEITA MUNICIPAL
JOSÉ ROBERTO DOS SANTOS
SECRETARIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA
Be the First to comment. Leia mais
Notícias

ONDE FAZER RG EM SÃO JOSÉ DO SERIDÓ…

Be the First to comment. Leia mais
Notícias

ATRAVÉS DO PROGRAMA PORTA DE SAÍDA, SEMTHAS ENTREGOU CERTIFICADOS E REALIZOU AULA INAUGURAL DE 04 NOVOS CURSOS…

Desde do ano de 2010 que a Prefeitura Municipal de São José do Seridó, através da Secretaria Municipal do Trabalho, Habitação e Assistência Social (SEMTHAS), oferece cursos de capacitação. Este programa foi batizado de Porta de Saída, e já capacitou mais de 1.500 São-Joseenses nos últimos 08 anos. Além de capacitar, o município oferece suporte aos capacitados, como confecção de currículo, orientações e encaminhamento ao mercado de trabalho.

Ontem à noite na sede do CRAS, 65 beneficiários do Projeto “Nova Oportunidade”, receberam seus certificados dos cursos de Costura promovidos em parceria com o SENAI. Segundo o Secretário Francisco Touché, o Projeto Nova Oportunidade, faz parte do Programa Porta de Saída, mas tem um público mais específico.

“Junto com nossa equipe de Vigilância Socioassistencial, vimos que existe famílias que estão há mais de 10 anos no Programa Bolsa Família, que outras, não tem renda nenhuma, apenas o benefício do Bolsa Família, além daquelas pessoas que não conseguem mais emprego no ramo têxtil, então pensamos nelas, e assim, capacitamos estas pessoas, e estamos acompanhando, quando daremos todo o suporte necessário na tentativa do ingresso delas no mercado de trabalho”, disse Francisco Touché.

Além da entrega de certificados, a SEMTHAS em parceria com a EAJ/UFRN, através do Pronatec, começou a ofertar 04 cursos no município de São José do Seridó, sendo estes: Salgadeiro, Padeiro, Pintura em Tecido e Recreador. A Supervisora da Escola de Jundiaí, Professora Cynthia, disse que quando soube da disponibilidade destes cursos, ligou para o Secretário Francisco Touché, que aceitou de imediato. A professora disse, que seria injusto a Escola devolver os recursos ao MEC, e por isso, o Professor João, Diretor da EAJ/UFRN, fez todos os esforços para os cursos serem ofertados em São José do Seridó.

Já a Prefeita Miúda, disse que desde o ano passado, tem solicitado a SEMTAS a realização de Cursos, pois mesmo São José do Seridó, tendo o emprego do setor Têxtil, outras pessoas precisam também de ocupação, e por isso, o município sempre investirá em cursos profissionalizantes.

O Presidente da Câmara de Vereadores, Daniel Costa, parabenizou a SEMTHAS, e disse que quando funcionário do CRAS, sempre viu todo o esforço do Secretário Touché em buscar cursos para o município, e que isso, fomentava a inclusão produtiva local, quando todos ganhavam. Parabenizou também a Prefeita Miúda, por da carta branca a SEMTHAS, para buscar cursos pra o município de São José do Seridó.

Por último, Francisco Touché, Secretário da SEMTHAS, disse que o carro chefe da Secretaria, é a promoção social do indivíduo, seja lhe assegurando direitos, ou lhe trazendo oportunidades, e assim, os cursos ofertados via Programa Porta de Saída, hoje é de longe nosso maior sucesso.

“Agradeço a Prefeita Miúda e toda nossa equipe da SEMTHAS, principalmente a Técnica Simone Santiago, responsável pelo setor, por nos dá a condição de ofertar estes cursos. Agradeço a minha Supervisora Professora Cynthia da EAJ/UFRN, onde fui bolsista por um ano, e aprendi muito com ela. Além do Professor João, que nos conseguiu estes cursos, que trará novas oportunidades para estes 100 São-Joseenses”, finalizou Francisco Touché.

Além dos alunos dos cursos receberem fardamento e material da EAJ/UFRN, o Governo Federal paga uma ajuda de custo de R$ 160,00 (Cento e sessenta reais) por mês, por aluno, valor que multiplicado por 100 será R$ 32.000,00 (Trinta e dois mil reais). Ou seja, além de conhecimento, os Cursos, também fomentará a economia do município.

Para vê a foto em tamanho real, click nela!

ASSECOM

Be the First to comment. Leia mais
Notícias

SÃO JOSÉ DO SERIDÓ PRÓXIMA DE SER 100% SANEADA E PAVIMENTADA…

A cidade  de  São  José do Seridó a 246 Km da Capital do Rio Grande do Norte,  falta pouco para ser uma cidade 100%  saneada e pavimentada. A atual prefeita da cidade, a professora Miúda Góes, tem se esforçado para conseguir esta meta, que desde a gestão do então Prefeito Jackson Dantas é uma das prioridades.

Atualmente a Rua Manoel Teodoro, no prolongamento de acesso ao bairro Modesto Medeiros e a vila do açude, está com suas obras bastante adiantadas,  e para os moradores  é  motivo de grande alegria com a chegada da pavimentação na localidade.

ASSECOM

Be the First to comment. Leia mais
Notícias

PROJETO DO PROFESSOR JOSIMAR É REFERÊNCIA…

Da pequena plantação, brotou a ideia do projeto de pesquisa elaborado por Josimar Medeiros para o doutorado do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Prodema/UFRN).

A tese, defendida em dezembro de 2017, identificou a faveleira como espécie-chave cultural do bioma Caatinga e destacou seu protagonismo na reabilitação de áreas desertificadas (AD) ou em processo de desertificação (APD). Para chegar a essas conclusões, o pesquisador realizou observações in loco, revisão da literatura, entrevistas e plantio do vegetal em AD e APD, com auxílio de agricultores familiares.

Na área em processo de desertificação, constatou-se que em 2014 permaneciam vivas 65 das 82 mudas introduzidas por Josimar em 2009, mediante a técnica de uso de embalagens plásticas. Para a área desertificada, os agricultores sugeriram usar tanto as embalagens quanto a sementeira para o plantio das mudas, realizado em 2015. Um ano depois, das 60 mudas introduzidas com cada técnica, sobreviveram respectivamente 56 e 46.

Apesar de os números serem mais favoráveis para as embalagens plásticas, a praticidade de transporte das sementeiras fez com que esta técnica fosse replicada para plantio pela comunidade de São José do Seridó, onde atualmente existem aproximadamente 10 hectares de faveleira.

“Mesmo sem prevermos no projeto de doutorado, o vegetal foi disseminado entre os agricultores e se tornou uma política pública do município. As mudas são distribuídas gratuitamente pela prefeitura”, citou Josimar.

Na Escola Estadual Raimundo Silvino, local de trabalho do professor Josimar, que desenvolve há mais de 20 anos com seus alunos o plantio de mudas das mais variadas espécies – inclusive a faveleira.

Na comunidade rural  São Paulo,  reside dona Salete, cuja propriedade se tornou o campo da pesquisa acadêmica. Lá se conhece  as faveleiras plantadas por Josimar no habitat típico dessa espécie, classificada como xerófita pela adaptação ao clima semiárido e desértico. Na terra sertaneja castigada pela estiagem, a esperança resiste em meio ao cenário de morte.

O verde contrasta com galhos secos de plantas que agonizam pela falta de água, até mesmo as mais resistentes, cansadas de lutar pela sobrevivência, após a seca mais longa na história do Brasil, de 2012 a 2017.

Persiste, porém, o vegetal de nome científico Cnidoscolus quercifolius, popularmente conhecido como faveleira, assim batizado por produzir uma semente leguminosa em forma de favo.

Sua presença no semiárido brasileiro acompanha a série histórica de secas no país, cujo início remonta ao final do século 19, época marcada por um movimento que buscava salvação diante da desigualdade social e das constantes intempéries climáticas.

Liderados pelo peregrino Antônio Conselheiro, os humildes sertanejos construíram no interior da Bahia a cidade de Canudos, considerada uma ameaça à recém-criada república brasileira.

Com essa motivação, os militares exterminaram a comunidade e, após cumprirem a missão, retornaram para suas cidades de origem. Alguns deles se dirigiram para o Rio de Janeiro, onde, sem salário, instalaram-se em construções improvisadas sobre o Morro da Providência. O local começou a ser chamado de Morro da Favela, em alusão à elevação próxima a Canudos, que ganhou esse nome pela presença abundante da faveleira. Foi a partir daí que se atribuiu o termo ‘favela’ às comunidades carentes informais, desenvolvidas sem infraestrutura urbana básica.

Apesar de ter o nome famoso por esse fato histórico, a favela original ainda é pouco conhecida pela população em geral. Para o homem do sertão, no entanto, representa uma relevante fonte de sustento durante as grandes secas.

No Rio Grande do Norte, a planta faz parte da memória de pessoas como Salete Medeiros, 79 anos, moradora do município de São José do Seridó.

Durante sua mocidade no sítio dos pais, em Caicó, dona Salete recorda que nas épocas de escassez o pai recorria à faveleira para alimentar os animais e a família. As raízes eram consumidas pelo gado e as folhas pelas ovelhas, enquanto a madeira da árvore era transformada em cocho para os animais. A diversão das crianças, por sua vez, era coletar as sementes de faveleira.

“A gente colocava no pilão, pisava, adicionava açúcar ou rapadura e comia a fuba. Era gostoso demais”, lembra-se com nostalgia do gostinho da infância.

As saudades da juventude foram compartilhadas por dona Salete com os filhos, que cresceram escutando as histórias da poderosa planta, à qual a experiente mãe recorria para tratar as feridas das crianças.

O potencial da faveleira despertou a curiosidade de Josimar Medeiros, filho de dona Salete, que em 2006 decidiu plantar algumas mudas na propriedade da família, localizada na zona rural de São José do Seridó, distante cerca de 250 quilômetros de Natal. Professor de Geografia por formação e agricultor por experiência prática, Josimar observou o crescimento das faveleiras e percebeu que, na verdade, a espécie é mais importante do que se pensava.

Por Carlos Felipe o Fera

Be the First to comment. Leia mais
Notícias

SEMTHAS OFERTARÁ CURSOS EM PARCERIA COM A EAJ/UFRN….

A Secretaria do Trabalho, Habitação e Assistência Social de São José do Seridó (SEMTHAS), ofertará cursos em parceria com a Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ/UFRN). Os cursos são de Padeiro, Salgadeiro, Pintura em Tecido e Recreador.

O Secretário Francisco Touché disse, que os cursos são remanescentes do Pronatec/FIC,  e tem público alvo, mas que existe ainda vagas para o curso de salgadeiro, para isso, basta o beneficiário ser do Bolsa Família, ou trabalhar no ramo alimentício.

Segundo a Coordenadora Cinthya da EAJ/UFRN, os cursos devem começarem até o final de outubro, provavelmente na Colônia de Pescadores, Porta de Saída e no CRAS.

Maiores informações, procurar Simone Santiago na SEMTHAS (no antigo Posto de Saúde), ou pelo fone (84) 98724-1901.

FONTE: ASSECOM

Be the First to comment. Leia mais
Notícias

PREFEITA SE REUNIU COM ASSESSORES, REPRESENTANTE DA UFRN E AMSO…

A prefeita Miúda Góes, esteve nesta quarta-feira (10), reunida com assessores e representantes a Associação dos Municípios do Seridó Oriental, para tratar de assuntos quanto a recomendação do Ministério Público Federal (MPF), referente a Coleta Seletiva e Aterro Sanitário.

A professora Tatiana da UFRN, foi quem auxiliou o debate em torno das ações que estão sendo implantadas pelo município, que já vem realizando um trabalho com os recicladores e com a comunidade, através da Secretaria de Meio Ambiente, que tem como Secretário o Professor Mestre Josimar Araújo.

O Sr. Bernardo, representante da AMSO, disse que São José do Seridó, já tem um trabalho sendo desenvolvido, e que apenas precisa colocar isso no papel pra ser identificado pelos órgãos competentes, como também, realizar as outras demandas solicitadas pelo MPF.

Já a Prefeita Miúda, disse que o engenheiro Raniere, participava da reunião, pois o município irá construir um galpão para os recicladores, próximo ao aterro controlado do município, e que também, as secretarias de educação, saúde e assistência social, além de obras e meio ambiente, estarão envolvidas em todo o processo.

O Secretários Josimar e Antônio Neto, falou do trabalho já desenvolvido no aterro controlado e com os recicladores, além da intensificação que continuará com a população. Já o Secretário de Assistência Social, Francisco Touché, disse que um trabalho do CRAS em parceria com a IFRN e a Cáritas de Caicó, tem capacitado os recicladores com diversas oficinas, sobre reuso do óleo de cozinha pra fabricar sabão, empreendedorismo e empoderamento associativista.

FONTE: ASSECOM

 

Be the First to comment. Leia mais
Notícias

ELEIÇÕES 2018 – NÚMEROS FINAIS DE SÃO JOSÉ DO SERIDÓ…

   DEPUTADO FEDERAL – SÃO JOSÉ DO SERIDÓ
DEPUTADO ESTADUAL – SÃO JOSÉ DO SERIDÓ

FONTE: UOL ELEIÇÕES 

Be the First to comment. Leia mais
Notícias

SAIBA ONDE VOTAR EM SÃO JOSÉ DO SERIDÓ…

Após a extinção da Zona Eleitoral de Cruzeta, que foi remanejada para o município de Acari, o município de São José do Seridó, teve suas seções alteradas.

As sessões estão todas no CMEI – CENTRO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL MARIA DE MEDEIROS DANTAS (CRECHE MODELO) e foram alteradas da seguinte forma:

ANTIGA SEÇÃO                                 NOVA SEÇÃO

0016                                                           0066

0017                                                          0067

0018                                                          0068

0019                                                          0069

0020                                                          0070

0021                                                          0071

0022                                                          0072

0023                                                         0073

0024                                                         0074

0026                                                         0075

0030                                                         0076

0032                                                         0077

A eleição acontecerá das 08 às 17 horas do próximo domingo 07 de outubro de 2018. Neste pleito se vota primeiro para Deputado Federal, Deputado Estadual, Senador 1 e Senador 2, Governador e Presidente.

Be the First to comment. Leia mais
Notícias

BENEFICIÁRIA PEDE DESLIGAMENTO VOLUNTÁRIO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA…

Dona Lúcia, beneficiária do Programa Bolsa Família, solicitou esta semana, o desligamento voluntário do Programa. Ela que era beneficiária e se aposentou, procurou a Secretaria Municipal do Trabalho, Habitação e Assistência Social (SEMTHAS), e fez a solicitação.

Segundo a Coordenadora da SEMTHAS, Suzete Pereira, mesmo diante palestras, reuniões e informativos sobre o Programa Bolsa Família, infelizmente ainda é muito pouco o número de famílias que fazem o desligamento voluntário, pois muitas esperam o Governo Federal, identificar a renda e só assim, quando é notificada, procura a Secretaria. A coordenadora lembrou ainda, que ao ter mudança na renda família, ou a saída de algum membro por qualquer motivo, deve ser comunicado a SEMTHAS, para as devidas alterações no Cadastro Único.

No próximo ano, a partir do mês de janeiro, todas as famílias que tem Cadastro Único, serão recadastradas, para a devida atualização dos dados. O recadastramento é feito na SEMTHAS, que hoje funciona na Rua Dalva Cirne, 22 (Antigo Posto de Saúde) – Bairro Liberdade – São José do Seridó.

Maiores informações pelo fone: 3478-2316. A SEMTHAS funciona de segunda à sexta das 07 às 13 horas.

 

 

Be the First to comment. Leia mais
Notícias

COMUNICADO AOS DONOS DE IMÓVEIS EM SÃO JOSÉ DO SERIDÓ…

Be the First to comment. Leia mais
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!