Dia: 8 de junho de 2017

Notícias

REPRESENTANTE DA CÁRITAS DIOCESANA SE REUNIU COM CATADORES…

No último dia 01 de junho de 2017 às 14 horas no CRAS, o Secretário de Meio Ambiente, o Professor Josimar Araújo, juntamente com Técnicos do CRAS e os Catadores de lixo de do município de São José do Seridó, receberam para uma reunião a Sra. Paula, representante da Cáritas Diocesana.

O objetivo desta e de outras reuniões e encontros que estão acontecendo ou já aconteceram, é a organização, fortalecimento e criação da Associação dos Catadores de São José do Seridó.

A próxima vinda de técnicos da Cáritas, acontecerá no próximo dia 20 de junho, onde contará com o apoio da SEMTHAS, através do CRAS e da Secretaria Municipal do Meio. A reunião acontecerá às 14 horas no Sindicato do Trabalhadores Rurais, onde serão convocadas os representantes das Secretarias de Educação, Saúde, Obras, Finanças, Asssitência Social, Meio Ambiente, Assessoria Jurídica, Câmara de Vereadores, Gabinete e educadores ambientais voluntários, para apresentação do Projeto Recicla Seridó desenvolvido pela Cáritas Diocesana , que também irá expor como se dará o processo de implantação da associação de catadores de São José do Seridó RN.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Be the First to comment. Leia mais
Notícias

SEMEC FEZ ENTREGA DE FARDAMENTO…

A Prefeitura Municipal de São José do Seridó, através da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SEMEC), cumprindo com o seu papel de promover o última semana, a camiseta que compõe o uniforme escolar a todos os alunos matriculados no ensino infantil e fundamental – rural e urbano do nosso município.

Segundo o secretário da pasta, Professor José Roberto dos Santos, essa é mais uma ação do poder público municipal que visa conferir melhor qualidade ao ensino.

Este ano de 2017, além da entrega das camisetas, foi entregue no início do ano, o kit escolar, realizados encontros de formação dos trabalhadores em educação,  implementamos a gestão democrática e foram feitos serviços de manutenção nas unidades de ensino.

Segundo o Secretário, ainda estão programados  para este ano outras ações que pretendem proporcionar a melhoria da qualidade do ensino das crianças e adolescentes do município.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Be the First to comment. Leia mais
Notícias

BENEFICIÁRIA DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA É CONDENADA A PRISÃO E A DEVOLVER QUASE R$ 15.000,00…

Poderia ser em São José do Seridó, ou em qualquer outro município, mas o processo movido pelo Ministério Público Federal da cidade foi na cidade de Souza/PB, contra a empresária Maria Ednatânia Sarmento de Abrantes da cidade do Lastro no mesmo estado, que foi condenada a prisão por receber indevidamente o Bolsa Família, programa destinado a pessoas carentes.

Segundo o MPF, ela recebeu indevidamente recursos do programa entre os meses de janeiro de 2009 a abril de 2015.

O ministério Público constatou que ela é empresária individual no ramo alimentício, possuindo um mercado de pequeno porte no município de Lastro, além de possuir um automóvel Fiat/Uno Mille Way Economic, Cor Verde, placa MOQ 7103, marca/modelo 2010.

A empresária foi condenada a um ao e oito meses de prisão além de multa. Na mesma decisão, a Justiça substituiu a pena de privativa de liberdade em penas restritivas de direito, sendo ela obrigada a depositar, o valor de R$ 2 mil, atualizado monetariamente desde a data do fato até à data do trânsito em julgado, em conta judicial, a ser destinado a entidades públicas e prestação de serviços à comunidade ou à entidade pública devendo ser cumprida à razão de uma hora por dia de condenação.  Ela ainda terá que devolver todo o montante recebido indevidamente por cerca de seis anos, que totaliza R$ 14.574,00 (Quatorze mil, quinhentos e setenta e quatro reais).

Vale lembrar que não apenas aqueles que tenham carteira assinada, sejam donos do seu próprio negócio e/ou sejam funcionários públicos, devem declarar renda. O Secretário da SEMTHAS de São José do Seridó/RN, que é presidente do COEGEMAS e Multiplicador da SENARC/MDS, diz que qualquer rendimento da família que se inscreve no Cadastro Único deve ser declarado, mesmo sendo recebido de forma informal, mas, infelizmente as famílias não entendem assim, e não declaram esses rendimentos, sendo em diversos casos punidos, no entanto, Touché lembra que na grande maioria dos casos, não é por falta de conhecimento,  mas sim, uma tentativa de burlar o programa e receber o benefício.

 

Be the First to comment. Leia mais
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!