Notícias

CONQUISTADA COM SUOR E AMOR: A INDEPENDÊNCIA POLÍTICA DE SÃO JOSÉ DO SERIDÓ COMPLETA 54 ANOS, PARABÉNS!

fundadores

Desde a sua fundação, que data de 04 de novembro de 1917, a povoação da “Bonita” atravessava os anos estreitamente limitada pela dependência administrativa e política do município de Jardim do Seridó. Os representantes do povoado pagavam impostos e dependiam dos serviços públicos do município vizinho. Cartório, serviços de saúde, escola, e outros serviços de necessidade imediata não existiam no local, o que dificultava bastante a vida das pessoas. Além disso, a comunidade sofria com a desatenção da administração municipal jardim-seridoense, não era fácil ter acesso ás autoridades na época. Era uma situação de subordinação, sem retorno.

Em 1962 quando a povoação de fato já havia crescido consideravelmente e já mostrava sinais de descontentamento com a falta de atenção da administração municipal de Jardim do Seridó, homens de conhecimento político interessados pela emancipação do lugar começaram a reunir-se e discutir a emancipação.

O processo de criação de um município, porém, era extremamente burocrático, seria necessário o apoio de algum deputado ou político influente. Neste ano, Manoel torres era deputado estadual por Caicó e atendendo ao apelo de correligionários, abraçou a causa, requereu e conseguiu aprovação na Assembleia Legislativa para a emancipação política de São José do Seridó. O então governador Aluísio Alves em 1962 decretou que estava criado o município de São José do Seridó, desmembrando-se de Jardim do Seridó, tendo sua instalação oficial no dia 07 de Abril do ano seguinte.

Mas, o quê além do empenho político contribuiu para a emancipação política do lugar? As atividades econômicas também foram essenciais. É necessário aqui dizer que o algodão foi por muitos anos a força motriz dessa região e São José do Seridó foi entre os anos 20-80 um grande produtor, chegando inclusive a ter indústrias de beneficiamento da matéria-prima na cidade.

Nesta data tão simbólica para o nosso município saudamos além dos grandes homens que na linha da frente da história circunscreveram seus nomes no tempo, como Caboclo João, Zé Cirilo, João do Carmo, Justino Dantas e tantos outros. E aos demais, que não conseguiram deixar marcas expressivas na história, mas que contribuíram somente com a sua existência, agradecemos pela geração de homens e mulheres do trato da terra, gênios da natureza, filhos do sertão potiguar. Parabéns São José do Seridó, uma centenária cidade com 54 anos de independência!

Melquides José de Oliveira Medeiros, Historiador.

Be the First to comment.

Comentar

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!