Notícias

GERENTE DO SEBRAE E REPRESENTANTE DA EPAMIG VISITAM SÃO JOSÉ DO SERIDÓ PARA FALAR DA IMPORTÂNCIA DA REGULAMENTAÇÃO DAS QUEIJEIRAS…

PEDROEJACK

O Gerente do SEBRAE de Caicó, Pedro Alexandre e o Professor Adauto Lemos da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG), estiveram na tarde de hoje, 10 de junho, no município de São José do Seridó, para aprofundar o debate sobre a regulamentação das queijeiras e dos produtos derivados do leite na região.

Os mesmos foram recebidos pelo Prefeito Jackson Dantas e pelo Vereador Jaedson Dantas.

Pedro abriu a reunião destacando a importância da parceria entre o SEBRAE, EMPAMIG, Prefeituras municipais e as Câmaras de Vereadores, dos municípios da região produtores de leite.

Pedrinho ressaltou que o trabalho do professor Adauto Lemos é necessário para o seguimento de beneficiamento do leite na região do Seridó. Ele destaca que não só para as queijeiras, mas para toda a produção artesanal de doces, biscoitos, bolos, como também do processamento da carne. Para ele são os vários derivados da pecuária local e da agricultura como um todo, que podem ser enquadrados no projeto e possíveis de se comercializar legalmente, pois o produtor e o comerciante de produtos do sertão sofrem muito pelos os produtos não estarem dentro da legalidade, correndo um risco muitas vezes desnecessário.

 ‘’Este trabalho que vem sendo articulado desde o primeiro (Encontro Nordestino do Setor de Leite e Derivados (ENEL), culminou com a visita que nós fizemos a Tiradentes/MG junto com os Prefeitos Jackson Dantas (São José do Seridó) e Roberto Germano (Caicó), que viram na prática como era simples de se implantar uma unidade produtiva com pouco investimento, e produzir um queijo de qualidade dentro dos padrões recomendáveis pelos órgãos fiscalizadores”, destacou Pedrinho, que concluiu:

“A partir deste contexto, estamos aqui com o professor Adauto do instituto Candido Tocci, que é o único instituto no Brasil nesta área de laticínios, e veio aqui para contribuir e formatar essa legislação com a idéia de criar um ambiente institucional que possa fortalecer o setor para que nossos produtores para comercializar em todo o Estado do RN dentro da legalidade.”

Já o professor Adauto Lemos, contou que desde 2003, a pedido do SEBRAE a EMPAMIG vem realizando o concurso de queijos regionais. O ENEL (Encontro Nordestino do Setor de Leite e Derivados) já acontece há 11 anos e este ano a queijaria vencedora foi Dona Gertrudes com sede em Caicó-RN.

Nos encontros sempre ocorrem discussões e fóruns de debates que trouxeram nos últimos anos novas ideias para o SEBRAE e a necessidade de investir no arranjo produtivo local, principalmente na cadeia do leite no RN.  Eke ainda ressaltou que a crise trouxe a necessidade com mais força deste ano haver um painel no evento para discutir a questão da legislação. Lemos lembra que a legislação federal é de1952, e o regulamento de inspeção industrial de produtos de origem animal fora escrito para uma necessidade da época, quando havia muita contaminação nos produtos, principalmente nos períodos de guerra e pós guerra, daí surgiu uma febre mundial sobre a qualidade da alimentação e nasceu a necessidade de resguardar o consumidor. E ainda disse que esta mudança irá ajudar aos produtores e também aos comerciantes que hoje são reféns da insegurança no sentido das exigências aos produtos por órgãos fiscalizadores, e acredita que o queijo tipo “frescal” seria uma saída para o produtor Seridoense.

Este assunto é de grande importância para o município de São José do Seridó. Inclusive o vereador Jaedson Dantas já tinha levantando esta questão em recente sessão da Câmara de Vereadores, e o Prefeito Jackson Dantas, juntamente com representantes do SEBRAE e o Prefeito Caicoense Roberto Germano estiveram em Minas Gerais, onde foram conhecer essa realidade da qual fala o professor Adauto Lemos, conforme já tinha dito o Gerente Pedro Alexandre.

Fonte: www.carlosofera.blogspot.com

Be the First to comment.

Comentar